Random header image at De Primeira

Ataque de nervos no Alto da Glória

March 2nd, 2012  |  Published in Uncategorized  |  1 Comment

Nas palavras do colega Rodrigo Sell, que cobre o Coritiba pra Tribuna: “O Coritiba venceu o Toledo, completou 45 jogos sem perder no Campeonato Paranaense e mesmo assim está à beira de um ataque de nervos!”.

A crítica em tom de espanto faz todo o sentido e vale também ao elenco, mas não deve surpreender quem acompanha o comportamento da torcida do Coritiba, que tem o costume de achar que o time é maior do que realmente é, mas às vezes age como se o time fosse menor.

Cena de “Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos”, de Pedro Almodóvar (1988). Coritiba ainda não tem motivos pra esse desespero todo.

A revolta depois de alguns jogos ruins mostra que o pessoal nas arquibancadas ainda não percebeu que ganhar o Paranaense é bacana, mas estadual tem que ser encarado como pré-temporada pra quem disputa outras coisas importantes durante o ano. Ainda mais quando o elenco está em fase de transição.

Os torcedores provavelmente não lembram, mas a histórica sequência de 24 vitórias no ano passado não aconteceu com um atropelamento atrás do outro. Claro que algumas partidas foram impecáveis, como as contra Atlético e Palmeiras. Mas teve muito um a zerinho sonolento ali no meio, contra times como Ypiranga, Caxias e Corinthians Paranaense.

A torcida também não se ligou que time algum no mundo (Barcelona não conta) consegue voar durante uma temporada inteira, que dirá em duas temporadas. Prova disso é justamente o ano passado: o “modo Barcelona” não durou um semestre. O resto do ano teve só lampejos daquela fase. Cobrar isso do Coxa é justamente achar que o clube é maior do que é.

Hoje, apesar dos tropeços, o Coxa continua construindo um recorde, agora de invencibilidade no estadual. A importância disso pode até ser discutível, mas na hora que um Guiness homologa o negócio todo mundo vai querer ostentar.

Não dá pra negar que o Coritiba tem seus problemas, que Marcelo Oliveira muitas vezes deixa a desejar, que Lincoln e Marcel já poderiam estar jogando melhor e que a diretoria vai ter que contratar mais jogadores. Mas o clube não está na iminência de uma tragédia. Não há o que justifique tamanho desespero a essa altura do campeonato.

Comentários

  1. Daniel Soares says:

    March 2nd, 2012at 3:18 pm(#)

    O Botafogo, recordista de invencibilidade no futebol brasileiro, com 52 partidas entre 1977 e 1978, não ganhou nenhuma competição no período.

Deixe um Comentário

About De Primeira

Futebol, futebol e futebol. . Subscribe via RSS »